Área dos Alunos

O Regulamento Interno do programa de Pós Graduação em Engenharia Elétrica da UFU foi aprovado por meio da Resolução CONPEP 01/2021. Para esclarecer suas eventuais dúvidas de forma mais rápida, favor consultar nosso arquivo de Perguntas Frequentes.

O curso de mestrado poderá ser concluído em no mínimo de 12 meses e no máximo 24 meses*. O curso de doutorado poderá ser concluído em no mínimo 24 meses e no máximo 48 meses*. *Em casos excepcionais o Colegiado de Curso pode conceder extensão de prazo.

Composição Curricular

Art. 23. A composição curricular do Programa corresponderá a um total de 42 (quarenta e dois) créditos para Mestrado Acadêmico e 75 (setenta e cinco) créditos para Doutorado Acadêmico, assim distribuídos:
I - Mestrado Acadêmico:
a) 18 (dezoito) créditos a serem obtidos em disciplinas aceitas pelo Colegiado; e
b) 24 (vinte e quatro) créditos obtidos quando o discente for considerado aprovado em sua defesa de dissertação; e
II - Doutorado Acadêmico:
a) 27 (vinte e sete) créditos a serem obtidos em disciplinas aceitas pelo Colegiado; e
b) 48 (quarenta e oito) créditos obtidos quando o discente for considerado aprovado em sua defesa de tese.
§ 1º Um crédito corresponde a 15 (quinze) horas-aula.
§ 2º Para o discente de Doutorado que já possuir título de Mestre serão exigidos, no mínimo, 9 (nove) créditos a serem cursados em disciplinas

Requisitos para receber o título de Mestre em Ciências:

Para receber o título de Mestre em Ciências o candidato deverá ter sua dissertação de mestrado aprovada por uma Banca Examinadora, em defesa pública, conforme determinam as resoluções supra citadas.

Art. 32. O discente e o orientador poderão solicitar a constituição da Banca Examinadora para defesa da Dissertação de Mestrado quando o discente:

I - estiver matriculado na disciplina Dissertação de Mestrado;
II - tiver aprovado o plano de trabalho pelo Colegiado em meio termo, conforme norma interna do Programa;
III - tiver completado pelo menos 18 (dezoito) créditos provenientes de disciplinas aceitas pelo Colegiado;
IV - tiver obtido CR ≥ 2,5;
V - tiver apresentado certificado de proficiência em língua estrangeira conforme critérios do Programa definidos pelo Colegiado;
VI - para estrangeiro não lusófono, tiver apresentado certificado de proficiência em língua portuguesa;
VII - tiver entregado as cópias de sua dissertação (editada segundo critérios do Programa definidos pelo Colegiado), a serem distribuídas a todos membros da Banca Examinadora; e
VIII - tiver comprovado o registro de patente nacional ou internacional, ou tiver publicado capítulo de livro, ou livro com ISBN e corpo editorial (excluem-se os artigos apresentados em eventos técnico-cientificos e publicados em formato de livro), ou tiver a publicação ou o aceite definitivo de um artigo completo em congressos de abrangência nacional ou internacional, ou tiver a publicação ou o aceite definitivo de um artigo em periódicos classificados no Qualis de periódicos da CAPES, qualificado para a referida área na data da publicação.

Parágrafo único. Somente serão consideradas as publicações classificadas no Qualis de periódicos da CAPES, nas quais o discente seja o primeiro autor e seu orientador seja um dos coautores do trabalho, assim como as patentes registradas relativas ao tema de pesquisa do discente.

Requisitos para receber o título de Doutor em Ciências:

Art. 36. O discente e o orientador poderão solicitar a constituição da Banca Examinadora para a defesa da Tese de Doutorado quando o discente:
I - estiver matriculado na disciplina Tese de Doutorado;
II - tiver apresentado certificado de proficiência em duas línguas estrangeiras conforme critérios do Programa definidos pelo Colegiado;
III - para estrangeiro não lusófono tiver apresentado certificado de proficiência em Língua Portuguesa;
IV - tiver comprovado o registro de patente nacional ou internacional, ou tiver a publicação, ou o aceite definitivo, de publicação relevante de acordo com o estabelecido em Resolução a ser publicada pelo Colegiado do Programa, ou ainda apresentando publicação em periódico com índice JCR (Journal Citation Reports, da Clarivate Analytics) maior ou igual a 1,5 para aqueles não listados no Qualis de periódicos da CAPES, sendo que, em qualquer situação, o discente deverá ser o autor principal da publicação e seu orientador deverá figurar como um dos coautores do trabalho;
V - tiver sido aprovado no Exame de Qualificação; e
VI - tiver entregue as cópias de sua tese (editada segundo normas internas) a serem distribuídas a todos membros da Banca Examinadora.
§ 1º Somente serão consideradas as publicações qualificadas e as patentes registradas inequivocamente associadas ao tema de pesquisa do discente.
§ 2º A data da defesa da Tese de Doutorado será fixada pelo coordenador e orientador para no mínimo 30 (trinta) dias após a solicitação da Banca Examinadora.
§ 3º É permitida a defesa pública, presencial ou outra forma aprovada pelo Colegiado, devendo o participante da Banca que não seja de forma presencial, enviar parecer circunstanciado ao Programa, para efeito de documentação.

Formulário para Solicitação de Auxílio Financeiro para Publicação em Periódicos

Formulário para Solicitação de Auxílio Financeiro para Publicação em Congressos